VOCÊ ADOTOU DIETA FLEXÍVEL MAS NÃO QUER ABRIR MÃO DAS BEBIDAS ALCOÓLICAS? APRENDA COMO FAZER ISSO!


A capacidade de metabolizar álcool está nos nossos genes. E não apenas nos dos humanos, mas nos de todos os seres vivos multicelulares. É uma característica que milhões de anos de evolução nos deram: a de lidar com certas quantidades de etanol em nossos corpos. 

Isso não implica que precisamos do álcool para sobreviver, mas dentro do contexto humano a bebida alcoólica nos acompanha há diversos milênios – geralmente associada a ocasiões sociais. 

Nós bebemos para celebrar colheitas, para comemorar nascimentos, para lamentar funerais, para nos aclimatar a festas. Mas em se tratando de alguém que pratica dieta flexível, como o álcool pode ser utilizado sem que se perca o benefício do controle de peso? 

É preciso abrir mão de toda bebida alcoólica para conseguir resultados na balança? 

A resposta é NÃO.



Talvez você não saiba, mas é possível SOBREVIVER por um longo tempo ingerindo apenas álcool. 

Isso não é recomendado e muito menos é saudável – mas é POSSÍVEL, porque o álcool etílico contém calorias.

 Decorre então que o metabolismo do álcool produz energia que pode ser usada pelas nossas células para manterem-se vivas. Ao menos por algum tempo... 

Veja bem: não faz o menor sentido VIVER de álcool, e qualquer pessoa com problemas ligados ao alcoolismo deve permanecer longe de bebida alcoólica – independente do tipo de dieta que adota. 

Mas se você não tem problemas com o consumo de etanol, pratica dieta flexível e não quer abrir mão de um drinque, o que tenho a te oferecer pode ajudar bastante!

No livro eletrônico (e-book) "Drinks Flexíveis" você vai aprender como bebidas alcoólicas podem ser adequadas uma dieta flexível.

Embora você precise controlar suas calorias e macros para ter resultados, isso não quer dizer que não há opções para quem deseja "tomar uma" com os amigos.


No livro você vai aprender...

A química e a bioquímica do álcool. Qual o seu efeito sobre o comportamento e a saúde humana?

A resposta para as dúvidas mais comuns sobre o consumo de álcool num contexto flexível. Como fica o jejum intermitente quando se ingere etanol?

A história do consumo de álcool pelos humanos, da pré-história aos dias de hoje.

Quais são os tipos de bebidas alcoólicas, e o que os difere?

50 receitas de drinks flexíveis, com a especificação dos macros, do teor alcoólico e da quantidade de calorias - para variar seu cardápio de bebidas e agradar os convidados!

Como fazer em casa, sem usar açúcar, 3 dos licores mais famosos do mundo para compor coquetéis: licor de café, licor de laranja e creme irlandês

Como preparar-se para encarar uma festa e minimizar a chance de ter uma ressaca brava!

Como tratar uma ressaca bruta, para aqueles que ignoraram os conselhos de como evitá-la ;-)


Para muitas pessoas "ficar sem bebida alcoólica" é um dos grandes impeditivos à adoção de uma dieta. 

Muitas pessoas simplesmente desistem porque ACHAM que precisam abandonar o álcool de vez para terem resultados. 

O que elas não sabem é que abster-se completamente vai trazer melhores resultados, mas que se ficar sem beber for um peso psicológico muito grande, elas podem falhar na dieta – sendo que a abstinência não é essencial à perda de peso. 

Dá para beber em uma dieta flexível sim, desde que você entenda como funciona o álcool no seu organismo e organize-se para encaixá-lo no seu dia-a-dia. 

Por todo esse conhecimento, que pode (literalmente) te poupar muita dor de cabeça, eu estou pedindo R$39. Veja bem, isso custa menos que aquela meia dúzia de cervejas que vai ajudar a te gerar uma pança, ou do que aqueles 3-4 coquetéis lotados de açúcar que você tomaria na balada e te deixariam ressaqueado e inchado no dia seguinte. 

Então se você quer vir para o lado flexível da força sem abandonar aquele happy hour com os amigos, a hora é essa! 

Clique no botão abaixo e retome o seu direito de curtir um drinque!

Para ajudar na sua decisão, junto com o livro eu ainda te entrego um bônus muito bacana: uma planilha que vai te ajudar a desenhar seus próprios coquetéis! 

 Você especifica qual o volume de líquidos (destilados, sucos, água com gás, leite de coco, etc) e ela calcula automaticamente:

O teor alcoólico da bebida resultante. Preste atenção para não passar da conta e dar vexame!

A quantidade de cada macro: carboidratos, proteínas e gorduras.

O valor calórico. Entenda o quanto o balanço energético vai ser afetado pelo seu drinque!

E se você não gostar?

Veja bem, gastamos uns bons meses para escrever o livro. Entre pesquisas e testes com as receitas, deu um trabalho razoável (embora agradável ao paladar!). Mas nada disso garante que o conteúdo agrade a você – que é o que importa no final das contas... Então se a obra não te agradar, eu te garanto seu dinheiro de volta em até 7 dias. Não faremos nenhuma pergunta, mas se você quiser explicar o motivo, ficaremos gratos!